Poros (2015)

Ainda que os centros urbanos tentem subjugar a natureza, ela sempre acaba encontrando seu espaço entre o concreto e o asfalto.

Cercas, muros, montanhas de lixo ou bombas nucleares: nada do que produzimos pode conter o poder de adaptação da natureza. Durante seus 4,5 bilhões de anos o planeta já superou obstáculos muito maiores que o ser humano. A natureza sempre prevalece – é só uma questão de tempo.

Essa pequena série fotográfica discute a relação entre homem e meio ambiente, e a capacidade que a Vida tem de seguir adiante.

Essa série foi exibida na Mirares 2018 (agosto 2018 – Unibes Cultural – São Paulo, Brasil)